sexta-feira, maio 11, 2007

The Decline Of Western Civilization II: The Metal Years (1988)

Links corrigidos!

Excepcionalmente, um vídeo aqui na caverna. Eu estava procurando a trilha sonora para botar aqui. Em vez disso, achei o filme todo no Bit Torrent.


















Ok, galera, se alguém tem alergia a laquê, é melhor sair do recinto.

Em 1981, a diretora de cinema norte-americana Penelope Spheeris lançou um documentário sobre a cena punk de Los Angeles, entrevistando bandas, jornalistas, fãs e até seguranças de clubes onde esse tipo de show acontecia. Tamanha dose de violência, racismo, machismo, nazismo e outros "ismos" (como? "virtuosismo"? sem chances) recebeu o justo título de O Declínio da Civilização Ocidental.

Só que a cena punk que Spheeris descreveu foi rapidamente substituída por um movimento bem diferente – e um tanto ou quanto esquisito. Uns moleques de cabelo comprido, roupas coloridas e muuuita maquiagem. Parecia uma grande convenção de fãs dos New York Dolls. Era o heavy metal californiano, também chamado glam metal ou, mais pejorativamente, hair metal.

A fórmula é praticamente a mesma, misturando entrevistas e shows. Os entrevistados se dividem em quatro categorias: fãs, empresários (uns poucos donos de clubes), aspirantes e astros. Uma curiosidade sobre os últimos é que a única banda glam de sucesso (naquele momento) a falar foi o Poison – justo um grupo tardio e particularmente ruim. O Mötley Crüe, ponta de lança do movimento, ficou de fora. Os demais (Kiss, Alice Cooper, Aerosmith, Ozzy, Motörhead etc.) nada tinham a ver com a cena de L.A., mesmo tendo, em alguma medida, a influenciado. Pior ainda é Dave Mustaine, do Megadeth, representante de uma outra vertente do metal ignorada pelo filme. Curiosamente, é ele que está no cartaz - by the way, a capa lá em cima é de uma edição pirata em DVD, pois o filme até hoje só saiu em VHS.

Talvez o mais curioso seja ver os aspirantes, um bando de zés-manés lutando desesperadamente por um lugar ao sol com suas bandinhas. Todos com cabelões cheios de laquê, muita maquiagem e toneladas de pretensão. Os caras da banda Odin dizem que vão ser mais famosos que os Doors. "E se vocês não conseguirem?", pergunta a diretora. "Mas nós vamos conseguir", garantem. Bem, acho que nem Freya se lembra mais desse Odin. Aliás, de todos os entrevistados, só quem conseguiu alguma coisa foi Janet Gardner, já então líder do Vixen.

Claro que o visual da galera, que já era esquisito nos anos 80, parece ainda mais bizarro hoje. Joe Perry, do Aerosmith, diz em certo momento que a indumentária de palco tem mesmo que ser teatral, mas que sair na rua daquele jeito já é mais problemático. Mas, esquisitice à parte, o clima é de festa, regada a exagero, bebida, rock e mulher (se você tem dúvidas de quem é quem, uma dica: as mulheres usam um pouquinho menos maquiagem). Isso se reflete no próprio astral do filme. Na época eu li (não me lembro se na Circus ou na Rolling Stone) que um dos cinegrafistas ficara surpreso com o público. Ele lembrava que o primeiro filme fora um pesadelo. Filmando os shows dos punks no meio da platéia, ele levou socos, chutes e cusparadas. "Cheguei a pedir uma gaiola de tubarão para me proteger", conta. No segundo, os cabeludos não só não batiam como até ajudavam e abriam espaço para ele filmar. Tomou um outro banho de cerveja, mas, em compensação, viu de camarote diversas exibições de peitinhos. Aliás, com tanta coisa ruim imitada dos EUA, porque as meninas aqui não seguem essa tradição roqueira e exibem as glândulas superiores nos shows? Fica aqui a sugestão.

Na parte das estrelas, o filme tem diversas cenas marcantes. Talvez a mais famosa seja a entrevista de Chris Holmes, fundador e então guitarrista do W.A.S.P., na piscina de sua casa. Sentado numa poltrona flutuante, vestido e completamente bêbado, Holmes entornou diversas garrafas de vodka (uma delas literalmente entornada na cabeça), classificou-se como "um bosta", a despeito do sucesso de sua banda, e como um mean motherfucker, fazendo com que sua mãe arregalasse os olhos. Sim, a velha estava ali do lado, piscando assustada a cada fucking que o pimpolho soltava.

Muita gente, claro, diz que o porre de Holmes era fajuto, tão teatral quanto as apresentações do W.A.S.P. Spheeris nega a armação até hoje, mas admite que há ao menos uma cena forjada no filme: na entrevista de Ozzy Osbourne, dada enquanto ele preparava o café-da-manhã, o falecido roqueiro (hoje é só um comediante de TV) erra o copo e derrama suco de laranja na pia. Todo mundo que vê pensa "putz, o cara tá detonado..." Só que a imagem do suco caindo fora foi filmada depois.

Ok, ok, só um teatrinho dentro de um teatro maior. Mesmo assim o filme vale muito o download.

Ah, está em formato avi, sem legendas. Quem mandou fugir do CCAA?

Download parte 1
Download parte 2
Download parte 3
Download parte 4
Download parte 5
Download parte 6
Download parte 7
Download parte 8
Download parte 9

27 comentários:

Anônimo disse...

valeu mesmo
sensacional !!!!

Gerald disse...

Dagda, tem sido um enorme prazer a minha rotina de entrar no seu blog e ler as excelentes resenhas que vc escreve, além do que, vc tem postado uma cara de coisas legais e raras dos anos 80. Outro dia foi Hear´n Aid e agora o documentário The Decline Of Western Civilization II: The Metal Years. Realmente é muito tosco, até pq, a merda das bandinhas norte americanas "posers", enfraqueceram bastante o movimento. Vale apenas como curiosidade (na minha opinião) pois musicalmente é horrível e vale pela lembrança dos anos 80. Cara, muito obrigado por me fazer voltar no tempo, em uma época bem legal. Um abraço.

Anônimo disse...

hi,

The Avi file is defect:

Part02 an Part06


TDOWC2_by_DagdaRock.part02.rar: CRC-Fehler in gepackten Daten von The Decline of the Western Civilization Part II\The Metal Years.avi. Das Teilarchiv ist fehlerhaft.

Please help.

thx a lot.

Millie

Norman disse...

Cara, como faço pra baixar esse video pelo o torrent?

Saulo disse...

Muito legal este post do "Declínio do Império Americano - Parte 2", era este o título do VHS, tenho uma cópia, feita por mim mesmo, e até hoje guardada, não pela qualidade do documentário mas sim para que eu possa recordar como tinha coisas horríveis na cena musical dos anos 80, a cena do Ozzy realmente é triste de ser ver, ou rever, mas legal mesmo é saber que apesar de tanta porcaria que havia naquela época, muita coisa boa e ótima restou ou surgiu, quem tem mais de 40 anos como eu sabe do que estou falando, parabéns pelo site e como dizem os que realmente gostam de bom rock, heavy, hard: FOR THOSE ABOUT ROCK, WE SALUTE YOU!".

Anônimo disse...

CAro Dagda, conheci seu blog por acaso, um amigo me aplicou o Lágrima Psicodélica e de lá pra cá só tenho achado blogs bacanas. Agradeço seu empenho em divulgar boa música e nos fazer um pouco mais "letrados" nas áreas da música.

Um grande abraço de um amigo de BH-MG.

Dagda disse...

Norman, entra em algum site de busca, tipo Torrent Spy, e dá uma procurada pelo título do filme.

Norman Lima disse...

That's killer my friend...
Eu consegui baixar o video de outra forma... so q legenda ta numa lingua q num faço a mínima idéia...
Vc comentou no review, que o megadeth... foi meio, que ignorado... Mas o Dave aparece, comentando e tocando... Será q esse, é outro video...
No mais, thanks for the 'true metalhead' stuff...

hazzamanazz disse...

Isso aí é velho, hein? Ou somos nós que estamos passados?
UHAHAHAHAHAHA...

Essa cena do Holmes é famosa até hoje. Quando ví na época, não achei que era falsa não, tanto que a mãe dele começa a ficar emocionada e com olhos mareados - pelo monte de merda que ele fala, só para frisar.
O cara ainda mergulha na piscina no fim do filme porque estava com vontade de vomitar, é só ver a reação dele... :D

E realmente, eu pensava que era um filme sobre metal, mas é sobre gay metal. LOL

Vale uma olhada sim, para quem pergunta, já que todo moleque e banda em começo de carreira, fazem determinados absurdos que soam bastante ridículos com o passar do tempo.

[ ]'s

Alysson disse...

Amigo

Estou atras desse cd que esta nesse link "http://www.free-albums.net/full-album-V.A.-Brasil%2080-114216.asp" chama-se "V.a. - Brasil 80".

São musicas dos Anos 80 remixadas.. So musicão..

Poderias tentar conseguir esse CD?

Desculpa ter postado aqui pois nao sabia onde postar os pedidos.

Obrigado e Parabens pelo Site.

Alysson
alyssonpg@gmail.com

Dagda disse...

Norman, não é o Megadeth que é ignorado, é o thrash metal. Ele é praticamente o único representante, já que o estilo não tinha um epicentro em Los Angeles.

Dagda disse...

Pois é Hazz, nessa hora não dá pra negarmos a idade.

edu disse...

clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap

Metalcool disse...

Excelente blog.
Tá add...
http://cervejametalica.blogspot.com

edu disse...

ei, pq nao faz upload em servers diferentes?? ai podemos pegar mais d um por vez, hehehe
abracos

burton disse...

Putz, o Mustaine na capa me enganou na hora! Tava seco pra baixar, mas na hora que eu li resenha uma boa parte do tesão foi embora rss. Vou baixar sim, mas por um extremo título de curiosidade histórica hahaha.
Mas de qualquer maneira um belíssimo post! Fã de teu blog, cara, parabéns!

Zé Maria (ou não) disse...

"Senderos de Traicon" dos Heroes del Silencio, não podia disponibilizar no Blog?

Cumprimentos
Falta de Jeito

Anônimo disse...

também acho que vc deveria usar outros servidores que nao o rapidhsare - o rapidshare é o pior servidor - e existem muitos outros mais rapidos que ele - o 4shared, o mediafire e o badongo sao exemplos disso.

Ale HM disse...

Só descobri seu blog ontem, e fiquei chapado, muito bom mesmo, principalmente os CD's das bandas Argentinas(adoro Metal me espanhol).
Valeu!

Alex disse...

Olha cara, parabéns pela Caverna!! Blog responsa com muito material alternativo e de alta qualidade. Apesar de muitos arquivos estarem no Rapidshare, não reclamo, pois os links estão todos ok e com um pouco de paciência eles chegam. Abraços!

Dagda disse...

Galera

Eu já tentei diversos outros servidores, com resultados sempre piores que no RS.

Anônimo disse...

Ahhhh! Eu vi esse em VHS. Quero rever certo.
Vlw pela raridade brother!!!

Rafael Lemos disse...

Tenho esse video em vhs, assisti pela primeira vez em 1991 ou 1993, qdo o aluguei e fiquei de cara c a performance do London, Faster Pussycat e outros grupos (já conhecia os mais famosos, como WASP).
Esse video eh um clássico, mostra o cenário da época, tanto a visao preconceituosa de setores mairs radicais e conservadores, ateh o depoimento de fas e tudo mais.
Logicamente, o vhs q tenho eh legendado (um amigo ficou de passar p dvd p mim, faz 1 ano, ateh hj nada... mas o vhs estah em minhas maos: o arquivo q estah no pc dele);
Consegui baixar atravez do emule, mas c a legenda em alemao e nao acho p pegar em nenhum outro lugar c legenda (ou esta separada).
Outra coisa: esses links aki postados expiraram.
A cena do Chris Holmes na piscina virou clássica. O o final c o Megadeth eh sem comentarios!

Anônimo disse...

O arquivo veio compactado pelo rar, com senha...

alguém pode dar uma idéia da senha?

EU E ELA disse...

ALGUEM SABE AONDE TEM LEGENDA DISSO NO LEGENDAS TV NÃO TEM ,,,,

AOR-BRAZIL disse...

Infelizmente muita gente aqui no Brasil ainda não sabe o quão grande foi a cena Hard Rock da Califórnia... Os anos 80 foram os anos que todos abusavam da extravagância e não tem nada a ver com gays, na verdade, eles papavam muitas mulheres, a famosas groupies!!
keep rockin'!!

Fábio X-Metal disse...

AOR Brasil disse tudo!!