sexta-feira, dezembro 22, 2006

Proto-Hair Metal

Galera, vamos entrar numa seara pra lá de polêmica: o hard rock/heavy metal norte-americano dos anos 1980, pré-thrash metal, claro. Chamado no Brasil (pelo menos no Rio) de "metal farofa", o movimento até hoje provoca reviravoltas no estômago de muita gente, mas seu primeiros discos traziam um rock pesado bem azeitado. Depois a indústria tomou conta e deu no que deu.

Ficam aqui dois bons representantes da primeira geração do estilo, e também dois dos maiores sucessos comerciais que o gênero produziu. Comprei os dois em 1984 e tenho até hoje as versões em CD.

Quiet Riot - Metal Health (1983)



1. Metal Health
2. Cum on Feel the Noize
3. Don't Wanna Let You Go
4. Slick Black Cadillac
5. Love's a Bitch
6. Breathless
7. Run for Cover
8. Battle Axe
9. Let's Get Crazy
10. Thunderbird

Download

Mötley Crüe - Shout At The Devil (1983)



1. In the Beginning
2. Shout at the Devil
3. Looks That Kill
4. Bastard
5. God Bless the Children of the Beast
6. Helter Skelter
7. Red Hot
8. Too Young to Fall in Love
9. Knock 'Em Dead, Kid
10. Ten Seconds to Love
11. Danger

Download

5 comentários:

Guz disse...

Proto-Hair Metal?!?!?!?!?!?!

Não acredito que eu li isso!
Tenho 35 anos, conheço o Quiet Riot desde 84 +/-, li muita sobre as bandas americanas de HR, mas "Proto-Hair Metal".
Será que alguém já pensou em um "estilo" chamado Rotule Rock ou Rotule Metal.
Cara eu ouvia rock, só rock... entrava numa loja e o cara me motrava onde ficavam esses discos e lá tinha Iron, lá tinha Kiss, lá tinha Purple, lá tinha Motorhead (Motorhead deve ter que róutulo hj? "pŕe-thrash-noise-croosover-metal"?)

No max a gente falava rock pesado ou então metal, só metal...

Alguém já ouviu falar de Heavy Metal?

T+

Anônimo disse...

Concordo com o comentario, eu tambem sou da epoca em que tudo era so rock pesado, ainda tenho meu vinil do Quiet Riot vale lembrar que o guitarrista fundador do Quiet Riot era o lendario Randy Rhoads que depois fez historia com Ozzy Osbourne .
Para quem gosta de rock esta bom demais !
parabens pelo blog e pelo post.
Marcelo

Igor disse...

Estou baixando o Quiet Riot e deixando um comentário, pra valorizar o trabalho de vocês. Muito obrigado por esse disco, que faz anos que não ouço. Continuem com força total.

Um abração.

Anônimo disse...

SEM PALAVRAS PARA AGRADECER !!!!
É UM DISCO MUITO BOM !!!
VALEU

Verdek disse...

Isso me lembra os velhos tempos q bacana valeu mesmo.