quinta-feira, abril 26, 2007

Cowboy Junkies – The Trinity Session (1988)













Minha relação com este disco é um caso de amor à primeira audição. O engraçado é que ele pintou numa época em que eu só estava ouvindo porrada. Eis que a Polygram (hoje Universal) me mandou um pacote com discos entre os quais estava esse. Eu nunca ouvira falar do grupo, até porque era o segundo disco deles e o primeiro a sair por aqui.

Pela ficha técnica só dava para saber que o grupo era canadense e formado por irmãos (Margo Timmins, vocal; Michael Timmins, guitarra; Peter Timmins, bateria; e mais Alan Anton no baixo). Uma curiosidade é que o álbum fora gravado de primeira dentro de uma antiga igreja de Toronto, daí o nome.

Como eu tinha por princípio nunca desovar um disco na SubSom sem ter ouvido antes, botei a bolachona no toca-discos (isso foi no século passado, tá?). Quase caí para trás ao ouvir a voz aveludada de Margo cantando a capela uma canção tradicional sobre o drama dos mineiros.

Dali em diante o disco segue num clima não de igreja, mas de bar esfumaçado, com uma mistura de blues, country, rock antigo e jazz, ponteado pela supracitada voz e por um instrumental da melhor qualidade. Nada de arroubos, mas cheio de detalhes e nuances.

Esta é a versão em CD, que tem duas músicas a mais que o LP (faixas 3 e 9). Ah, "Sweet Jane" é uma cover do Velvet Underground.

1. Mining For Gold
2. Misguided Angel
3. Blue Moon Revisited (Song For Elvis)
4. I Don't Get It
5. I'm So Lonesome I Could Cry
6. To Love Is To Bury
7. 200 More Miles
8. Dreaming My Dreams With You
9. Working On A Building
10. Sweet Jane
11. Postcard Blues
12. Walking After Midnight

Download

6 comentários:

Anônimo disse...

Dagda, mais um apçrova do seu excelente bom gosto. muito difícil encontrar alguma coisa dos C.Junkies na net, infelizmente. Tenho todos os albums deles e, sem dúvidas, é só ouvir os primeiros acordes que vc não larga mais.
Basta dizer que os shows deles não tem luzes elétricas e sim velas.
Parabéns
Loyola

Anônimo disse...

Carter;
Muito bom esse som cara, não conhecia, mas fiquei amarradão em ouvir, obrigado.

John Walker disse...

Cara, muito bom esse disco. Valeu pelo post. Mais uma ótima banda que conheço no seu blog.
Abraços e até mais.

burton disse...

Cara, excelente banda! Tava desconfiado no começo, mas depois adorei. Me lembra um pouco os trabalhos da Tracy Chapman, principalmente do album Let It Rain, mas é uma onda diferente. Parabéns aí pelo blog, visito sempre.

Thici e Juh disse...

Conheci esse blog a pouquíssimo tempo e sem dúvida é um dos melhores que conheci nos útimos tempos, parabéns pelo post do Cowboy Junkies, não conhecia a banda, mas usando as suas palavras foi amor a primeira audição! um lindo e incontestável blues, sem dúvida se e achar mais material da banda eu vou querer sim! "misguided Angel" é finissíssima!

Anônimo disse...

haha! ja, ja dagda :)