sábado, novembro 10, 2007

David Coverdale – Whitesnake (1977)

image hosted by ImageVenue.com

Vamos ser sinceros. Poucas pessoas no mundo da música já encararam uma rabuda semelhante à de David Coverdale, arrancado do anonimato aos 22 anos para a espinhosa tarefa de substituir Ian Gillan como vocalista do Deep Purple. E o fez com brilho – ainda mais contando com Glenn Hughes para cuidar dos agudos.

Com o fim da banda, em 1976, ele embarcou numa fugaz carreira solo, antes de formar o Whitesnake, mesmo título deste seu disco de estréia. O trabalho, como o seguinte Northwinds (disponível aqui na Caverna), é menos voltado para hard rock e mais para blues e soul, mostrando toda a versatilidade de um dos melhores cantores das décadas de 70 e 80.

1. Lady
2. Blindman
3. Goldies Place
4. Whitesnake
5. Time On My Side
6. Peace Lovin' Man
7. Sunny Days
8. Hole In The Sky
9. Celebration

Download

4 comentários:

Thiago disse...

Ducaralho, graaaaande Coverdale. Quando ele esteve aqui em Porto Alegre ano passado tocando com o Judas Priest, no intervalo da primeira música olhou para o público e disse:
"Finally we met"

Finalmente nos conhecemos...

Depois do showzaço do Whitesnake, entra o Padre Judas e não deixa pedra sobre pedra. Que noite.

John Walker disse...

Grande contribuição, Dagda! Valeu!
Passei um tempo meio longe da Caverna, mas pelo visto as coisas continuam a toda brasa por aqui. Parabéns.

Anônimo disse...

Dagda,

Embora ame o Coverdale, peço algum álbum nacional.

Obrigada

Anônimo disse...

Simplesmente um dos melhores vocalistas de rock de todos os tempos!