domingo, outubro 29, 2006

Picture - Eternal Dark (1983)

image hosted by ImageVenue.com

No começo dos anos 80 nós nem sonhávamos em ter Internet e raras eram as revistas importadas a dar as caras nas nossas bancas. Assim, conhecer bandas novas dependia muito de uma boa rede de amigos e de donos de lojas especializadas. Na Tijuca (Rio de Janeiro) ficava a Sub Som (que tinha esse nome por ficar no subsolo de uma galeria), comandada pelo grande Maurílio.

Um dia eu entrei lá e dei de cara com essa capa acima. Nunca ouvira falar do grupo ou do disco. Tinha 90% de chances de ser heavy metal, mas corria o risco de ser punk rock (que eu detesto profundamente). Recorri ao Maurílio com um "qual é a dos caras?" e recebi de volta um "metal europeu; pode levar sem susto". Não deu outra.

É, na verdade, o quarto disco do grupo, formado na Holanda em 1979 pelo baixista Rinus Vreugdenhill, fazendo um som na linha da chamada New Wave Of British Heavy Metal. É o primeiro com o bom vocalista inglês Pete Lovell, que tem um registro mais grave que valoriza à músicas.

Aliás, Lovell esteve no Brasil em 1983 para divulgar o disco. A gente tava curioso pra saber a cara do dono daquele vozeirão. Eis que aparece um sujeito magrelo com um cabelo oxigenado, parecendo um clone da Wanderléia. Uma figura.

Ah, o som foi ripado do vinilzão velho que eu comprei na loja do Maurílio.

1. Eternal Dark
2. Griffons Guard The Gold
3. Make You Burn
4. Battle For The Universe
5. The Blade
6. Flying In Time
7. Into The Underworld
8. Tell No Lies
9. Power Of Evil
10. Down And Out

Download

22 comentários:

Anônimo disse...

Infelismente, so vim conhecer esse blog ha umas duas semanas, mas a quantidade de material raro e de qualidade é incrivel, os discos mesmo de bill ward sao muito dificeis de se conseguir aqui em recife, pena que nao to conseguindo baixar os discos mais antigos de abril a setembro, mas mesmo assim valeu a intenção
abraço,
george
georgevarela@hotmail.com

Anônimo disse...

Infelismente, so vim conhecer esse blog ha umas duas semanas, mas a quantidade de material raro e de qualidade é incrivel, os discos mesmo de bill ward sao muito dificeis de se conseguir aqui em recife, pena que nao to conseguindo baixar os discos mais antigos de abril a setembro, mas mesmo assim valeu a intenção
abraço,
george
georgevarela@hotmail.com

Denis disse...

Putz... 'Picture'!!!... E imagine você, também na época, descobrir esse discão lá no sertão do 'Rio Grande do Norte', sendo que teve de ser enviado, via correio, por uma loja... do 'Rio'.

Dagda disse...

George
Diz quais são os links que estão quebrados. De repente dá pra reupar.
Abs
D

Anônimo disse...

Cara, eu gosto muito o Picture e queria muito baixar os cd's, pois tenho os disco de vinil. Mas achar isso em cd é quase impossível. A banda tem mas discos legais, como o Diamond Dreamer, Troitor e os dois primeiros. Mas o Eternal Dark é o clássico.
Abração!

Anônimo disse...

Cara, eu gosto muito o Picture e queria muito baixar os cd's, pois tenho os disco de vinil. Mas achar isso em cd é quase impossível. A banda tem mas discos legais, como o Diamond Dreamer, Troitor e os dois primeiros. Mas o Eternal Dark é o clássico.
Abração!

Anônimo disse...

Picture é clássico, nada mais a declarar.
Exceto que o Diamond Dreamer também o é... :P

Mas o Traitor tem o título mais bem bolado para um álbum: é uma traição ao som que a banda fazia.
Não é a toa que ela acabou depois dele.

[ ]'s

Barbarian disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Barbarian disse...

Pega lá...


Heavy Metal Ears [80]

http://rapidshare.de/files/9756530/Picture_-_Heavy_Metal_Ears.rar

Picture 1 [81]

http://rapidshare.de/files/9756724/Picture_1.rar

Diamond Dreamer [82]

http://rapidshare.de/files/9745046/Picture_-_Diamond_Dreamer.rar

Eternal Dark [83]

http://rapidshare.de/files/9744934/Picture_-_Eternal_Dark.rar


São os cds duplos de relançamento... links do falecido Espírito Público.

Os outros do Picture eu tenho aqui, mas acho que não vão ser tão bem recebidos...


[ ]'s

Magrão disse...

Cara, que legal ver essa capa do Picture de novo, é de cortar o coração quando lembro dos meus quase 3000 vinis que vendi pra desocupar um quarto no ap.


Magrão

Anônimo disse...

Como? Um frequentador da minha loja preferida da Tijuca,também??? Você só faltou falar na Inez e no Zinho (Ângelo)!!! Comprei muita coisa boa naquela loja...Velhos tempos...Um grande abraço,Miguel.

Dagda disse...

É, Miguel

Uma boa parte da minha educação roqueira aconteceu no subsolo daquela galeria. A loja era praticamente uma parada obrigatória para a turma do Cefet, mesmo os que não moravam na Tijuca.

Anônimo disse...

Verdade,Dadga! E ainda tínhamos a FONIT, do Cláudio e do César e a HEAVY, do camarada Zé Nilton,lembra? Chovesse ou fizesse sol, eu estava todos os sábados lá pela manhã!
Cara, você se lembra de um programa que rolava na Faculdade Estácio de Sá (ainda...)todas as sextas-feiras e que era apresentado pelo Cláudio??? Lembra do ROMBO do programa do Mercyful Fate??? Não? Então, responda-me essa mensagem para saber o resto...hehehehe....Pedido? Sim,claro!? MANILLA ROAD!!! Um grande abraço,Miguel

Dagda disse...

Bicho, eu não ouvia o nome Manilla Road há uns 300 anos!!!

Claro que freqüentei essas lojas todas. Lembro quando a Vomit, digo, Fonit, abriu. A turma apelidou o Cláudio de "tarado" por conta dos negócios que ele fazia com os discos.

Teve uma que eu testemunhei. Eu tava peruando na loja quando entrou um moleque com uma pilha de vinis pra vender. Só tinha raridade, só coisa fina. Ele olhou com aquele ar de desprezo e disse "Ih, isso aqui eu tenho toda hora na loja. Esse outro ninguém compra..." Resultado? Pagou uma merreca no lote todo.

O moleque mal tinha saído quando entrou um coroa com uma lista de discos que o filho queria. Um deles estava no tal lote. O Claudio nem tinha botado preço ainda. Olhou pra cara do coroa e cobrou só naquele três vezes o que tinha pagado no lote, e ainda mandou um "esse aqui é muito raro, é a primeira vez que eu pego ele aqui na loja."

Anônimo disse...

Hahahahahaha! Típico do Cláudio,mesmo! Na loja dele,eu apanhei dois lp's (cóf,cóf e cóf!!!)que estavam fora-de-catálogo: RAINBOW - RISING - e BLACK SABBATH - SABOTAGE...E, um tempo depois,eu descobri onde o Cláudio buscava o arsenal dele...Era lá em Copacabana, na Modern Sound!!!
Isso foi casual, pois eu trabalhava no Banco Bandeirantes (RIP)e descia do 455 em frente à loja.Quando era dia de pagamento,então...Eu já descia do ônibus e entrava na loja escolhendo esse e aquele e aquele outro lá, ou seja, um maravilhoso inferno consumista! Até um lp (cóf,cóf e cóf!)do RAINBOW - ON STAGE - com defeito eu comprei!!!
Bom,vamos ao acontecimento verídico envolvendo o Cláudio...Num desses programas sobre Heavy Metal patrocinado,evidentemente,pela FONIT,lá vai o Cláudio fazer um especial com o MERCYFUL FATE.
Como eu não conhecia a banda fiquei atento ao que ouvia. Lá pelas tantas, o nosso intrépido comerciante-radialista-convidado põe prá tocar o ep A CORPSE WITHOUT A SOUL, da Raven Records, de 1982. Só que uma pequena distração acabou,posteriormente,protagonizando o que eu considero um ROMBO de mancada da época.
O Cláudio não percebeu que a rotação não era os costumeiros 33rpm,mas,sim, em 45rpm, Dagda! É desnecessário dizer que a voz do KING DIAMOND, soou mais gutural do que a doo próprio Demo com efeitos especiais sonoros!!! E queres saber o pior,mesmo??? EU GOSTEI DO QUE OUVI PRÁ CARALHO!!!!
E comecei a caçar o ep que nem um alucinado...Veio aquele dia de pagamento novamente e,TCHARAN!,acabei por comprá-lo na MS com cheque especial e tudo!
Pus no 3x1 (cóf,cóf e cóf!)e curti pacas a minha aquisição que tenho até hoje...Algumas semanas depois,ganhei do Zé Nilton,uma gravação do MF,na Dinamarca,de presente. Ah!Prá quê,Dadga! Fui na loja no sábado seguinte e levei a fita para pedir ao Zé que trocasse,pois a gravação estava "errada"...e para provar a minha contestação levei o ep...
Bom, é inegável que dei uma tremenda mancada e levei um bom tempo para acostumar-me com o VERDADEIRO KING DIAMOND...Achei a voz fina prá cacete e o som horrível...
Então,para comemorar os 300 anos de ausência do nome do MANILLA ROAD,que tal, por favor, o AO VIVO,hein??? Um abração,Miguel.

Dagda disse...

Cara, genial!!!!

A molecada hoje não faz nem idéia do que estamos falando com esse papo de rotações, mas era divertido ficar ouvindo as músicas aceleradas ou retardadas.

Foi numa dessas que descobrimos que "Can't Live Without You", do Scorpions, era um plágio acelerado de "Might Just Take Your Life", do Deep Purple.

Anônimo disse...

Lembra daquele vinil da Dorsal Atlântica,Antes do Fim??? Depois da última música tínhamos que rodar o lp ao contrário e vinha uma sucessão de palavrões do Vândalo sobre o produtor que o deixou muito insatisfeito com a mixagem do trabalho...Hehehehehe!
Dagda,tive uma outra idéia e quem sabe não é possível postar isso no teu blog. Que tal uma seção de Metal Nacional Oitentista aqui? TAURUS, AZUL LIMÃO, A CHAVE DO SOL, CALIBRE 38, EXPLICIT HATE, KORZUS, VULCANO, DORSAL (Já teve lá no finado A Taverna do Bárbaro), Stress, Metal Mania (mandei o Robertinho de Recife tomar no c..depois de uma introdução de "Não se reprima",dos Menudos (argh!)lá no Circo Voador...), etc,etc.
Bom não custa nada "sugerir"...Um grande abraço e parabéns pelo trabalho.O blog está cada postagem melhor! Miguel

Anônimo disse...

Maurílio ? SubSom ? Cláudio ? Fonit (Vomit) ?
que saudades da minha adolescência na Tijuca
abraços

Anônimo disse...

encontrei outro dia com a Inês (ex-Subsom) aqui no Extra da Tijuca
ela vai bem, mas parece que o Maurílio está bem doente ...

Anônimo disse...

Mais um que eu tinha em LP e tava doido para encontrar em CD e não conseguia !!!!
Obrigado cara !!!!

Paulo

marcoleto RJ disse...

cara muito obrigado,procuro esse disco a muito tempo ...tive em lp quando era mulecote ,mas foi perdido durante uma mudança de residencia ...valeu mesmo Sucesso!!!!

Anônimo disse...

Cara, a anos estou atras deste disco, muito bom.