quarta-feira, dezembro 17, 2008

Gentle Giant - Octopus (1972)



Certa feita, no milênio passado, o Mason (meu irmão e consultor para assuntos de progressivo) me falou que Gentle Giant era um “progressivo difícil”. Quando ouvi os caras, entendi de primeira. O som é extremamente rebuscado, sem concessões ao ouvinte comum. Mas, uma vez que se “entra no clima”, é de primeira. Os músicos são excelentes, todos eles brincando em muito mais que um instrumento – foi num passado remoto, quando os instrumentistas tinham o estranho hábito de saber tocar...

Este aqui é seu quarto disco, provavelmente o mais famoso e mais acessível (para padrões Gentle Giant, claro). A primeira faixa, baseada no clássico de François Rabelais, é obrigatória em qualquer coletânea de prog.

Dois comentários nada a ver com nada:

O tecladista Kerry Minnear é a cara de Lucien, o líder dos lobisomens do filme Underworld.

O baterista John Weathers é uma das criaturas mais bizarras vivas sob o Sol, mas como bate!!!

1. The Advent Of Panurge
2. Raconteur Troubadour
3. A Cry For Everyone
4. Knots
5. The Boys In The Band
6. Dog's Life
7. Think Of Me With Kindness
8. River

Download

E, já que a Caverna agora é multimerdia, o vídeo de “The Advent Of Panurge” (My name is Panurge and I have come from Hell!):

3 comentários:

Diego disse...

Cara, que som doido........muito massa.........

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaande Dagda!
Essa do K Minnear ser a cara do Lucien é impagável! rsrsrsrsrsrs
Aliás, não é só o batera que é bizarro, a banda inteira é bem esquisita, convenhamos... rsrs

Se ainda te falta algum da discografia dos caras, dê uma conferida aqui:
http://opantanoeletrico.blogspot.com/2008/09/o-gigante-gentil.html
Tá tudo lá, com exceção de bootlegs e alguns 'ao vivo'.

Abração, meu camarada. Valeu!
ML

andré disse...

Salve! Rapaz, você está mais que de parabéns! Seu blog é fantástico! Não sei como cheguei aqui, mas graças a Deus que cheguei!rs...tenho um amigo que é tarado por Gentle Giant, ele sempre me falava e tals, mas eu nunca tinha pegado pra ouvir. Cara, que som! Só hoje ouvi 3 vezes o disco, rs...Knots é uma coisa de outro mundo, dá até pra repensar se Bohemian Rhapsody é a melhor harmonia vocal do rock n' roll, como dizem alguns...AbraSol Maior! Keep On Rockin!!!