domingo, janeiro 14, 2007

Meat Loaf – Bat Out Of Hell (1977)



Atendendo a pedidos.

Numa cena do filme Simplesmente Amor, o menino Sam (Thomas Sangster) conta ao padrasto (Liam Neeson) o plano brilhante que bolou para conquistar uma menina na escola: entrar para a banda da turma. A resposta do padrasto é: "Grande idéia! Mulheres adoram músicos. Até Meat Loaf já deve ter comido alguém uma vez ou outra".

A piada é cruel, mas mostra a presença de Michael (nascido Marvin) Lee Adlay no imaginário musical. E tudo por causa deste disco aqui. Conhecido desde a infância como Meat Loaf (algo como "bolo de carne"), o gordinho Adlay era ator de musicais e tinha gravado um disco em 1971 em parceria com Stoney Murphy, uma colega do elenco de Hair. Em 1972, conheceu Jim Steinman nos ensaios da peça More Than You Deserve.

Compositor de musicais, Steinman ficou logo amigo de Meat Loaf, que via como veículo perfeito para suas idéias. A parceria, porém, só chegou ao vinil cinco anos depois, com resultados que nenhum dos dois podia prever. Bat Out Of Hell teve um parto difícil, especialmente por conta de seu conceito. Mesmo naquela época, as gravadoras americanas gostavam de trabalhar com padrões - "isso aqui é hard rock, isso aqui é pop, isso aqui é assim, isso aqui é assado" e por aí vai. Além disso, aqueles europeus malucos podiam fazer músicas de 20 minutos, mas, para fazer sucesso nos EUA, as músicas tinham que ser curtas e tocáveis em rádio.

Mas como enquadrar um disco em que só duas das sete músicas tinham menos de cinco minutos - e três delas, incluindo a faixa-título, tinham mais de oito minutos cada?!? Para piorar, na tradição dos musicais, Steinman compusera canções bem diferentes entre si. O projeto só decolou quando o renomado guitarrista e produtor Todd Rundgren o adotou.

Com Meat Loaf cantando a plenos pulmões, Rundgren tocando tudo o que sabia e ainda contando com canjas de gente como o saxofonista Edgar Winter, Bat Out Of Hell foi lançado em outubro de 1977 e causou logo um arraso. Até hoje, vendeu 34 milhões de cópias. Falo até hoje porque ele continua vendendo e muito. Cerca de 200 mil cópias por ano. E já rendeu duas continuações.

Mas e a música? Bem, ela é over. Operística, exagerada, às vezes quase caricata. Cantada por Meat Loaf exatamente dentro desse espírito.

1. Bat Out of Hell
2. You Took the Words Right out of My Mouth (Hot Summer Night)
3. Heaven Can Wait
4. All Revved Up with No Place to Go
5. Two out of Three Ain't Bad
6. Paradise by the Dashboard Light
7. For Crying Out Loud

Download

19 comentários:

Gerald disse...

Cara, parabéns pelo blog e ótimo gosto. Me lembro qdo garoto, em plena efervescência da disco music que Meat Loaf tocava. É legal a gente ver releases bacanas e bastante informativos como os seus. Parabéns

Anônimo disse...

Estava a assistir o VH1 Rock Show e abri o teu blog. No preciso momento em que vi o Bat Out of Hell no blog, comecou a dar o clip do Two Out of Three Ain't Bad!!
Obrigado pelo album. Procurava a muito tempo e nao conseguia encontrar!! Abraco!!

Eu sei lá ??? disse...

Muito obrigado, você quebrou um galhão, é muito dificil achar as musicas dele (ainda mais cd completo)... valeu

arucard disse...

Cara, tô alguns posts atrasado, mas queria te agradecer pela iniciativa de colocar o álbum do Zé Ramalho aqui pra galera!!! Concordo com o que tú disse naquele post, e acharia mto bom se tú colocasse de vez em sempre alguns artistas nacionais por aqui!!!

Valeu por todo o bom trabalho que tú tem feito com esse blog! Continue sempre assim! Abraços!

Anônimo disse...

embora não seja meu estilo de rock preferido, tem que respeitar esses caras do meat loaf. pra quem não conheçe vc está prestando um favor ao apresentar esses discos clássicos ... parabéns !!! beermetal

Anônimo disse...

tem como postar algo do roy orbinson, the monkees ou do elvis presley?

Dagda disse...

Bicho, não tenho nada de nenhum deles, mas dá uma olhada nesse blog: http://metalmp3.zip.net/index.html. Eles certamente têm.

Marconi "Pacman" Costa disse...

cara, tá de parabéns pelo blog... o descobri a uns 5 dias, sinceramente, não me lembro como... mas to adorando!!! curto muito do melódico, power metal, pah... mas curto muito do rock/metal classico, o que acredito ser sua preferência. mais uma vez, parabéns, e continue a postar ótimas bandas... Dica: Glory Opera - Rising Moangá. O Glory Opera é de Manaus, banda de Prog/power/melodic metal, que alnçou esse album conceitual, que fala de um índio que se apaixona pela lua (ou por iara, não estou certo). muito bom! recomendo

Junior Souza disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Junior Souza disse...

Este Cd ou Vinil, seja la como prefiram é perfeito, um marco mesmo!!! O que mais surpreende, é que tanto a parte 2 e 3 merecem nota 1.000, como esta primeira parte! Clássico absoluto!

Viajante disse...

Não conheço, vamos ver!
Parabéns pelo blog mesmo, além de só ter álbuns de muito bom gosto vc descreve muito bem os albuns, nao tem como nao começar o download hahaha
abraço!

Zé Carlos disse...

Cara, Dagda, você é demais, amigo. Seu blog é 10. 10 não. 1000! Gostaria de saber: será que seria possível repostar o Climbing, do Mountain?

daniel pontes disse...

eh verdad, kra. seu blog é 10. mas eu tb queria,se possivel, q voce re-upasse o climbing,do mountain. por favor!!

daniel pontes disse...

outra coisa: que tal um mega post, c/ o climbing, o do leslie west (mountain, de 69), e outro disco deles? td mundo iria achar foda, kra.

Anônimo disse...

Ei cara, você passou pelo New ProgShine e nem me avisou que tinha um ótimo blog também :), façamos o seguinte, tá afim de uma troca de links?
Me dá um toque
Abraços

Dagda disse...

Vou botar o climbing na fila.

Anônimo disse...

Da uma passada pelo Whisky. Coloquei um video que nao via ha anos e que e de arrebentar!! Rock'n'roll!!

Anônimo disse...

Baixei agora, gostei de Bat Out of Hell, o resto é meio fora do que imaginava, mas o som deles é legal. Obrigado por compartilhar.
Ah! Estou sempre aqui no blog, que por sinal é show!!!!!!

evandro disse...

Pessoal ,só hoje 17/07/2012 achei este blog com este relato sobre o meat loaf, eu garanto para vc's , ele é muito , mas muito bom mesmo. Se tivermos que dar uma definição para o estilo de música dele, e isto é dificil, o mais próximo possivel é Òpera Rock . tenho muita coisa dele , inclusive dvd , e é muito , mas muito bom mesmo