quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Tristania – Illumination (2007)



Hora de remar contra a corrente. A maior parte dos fãs do Tristania está torcendo o nariz para este disco, mas eu simplesmente amei, em geral pelos mesmos motivos. Muitas bandas dizem fazer metal gótico, mas o "gótico" em questão não costuma ir além do vestuário e do vocal feminino - de resto, são só bandas de death ou black metal mesmo.

Não é o caso aqui. Em Illumination, Tristania fez um disco gótico e metálico ao mesmo tempo. Bateria pesada, bons riffs (ainda que um solo de vez em quando faça falta), mas com um ritmo mais lento, climas mais elaborados. A grande diferença está no vocal. Até Ashes, o vocal do grupo era dividido entre Vibeke Stene (soprano), Østen Bergøy (voz masculina) e Kjetil Ingebrethsen (grunidos). Com a saída deste, os urros de porco sendo castrado perderam de vez o espaço no som da banda. Para não dizer que sumiram de todo, Vorph, do grupo Samael, faz pequenas participações em duas das faixas.

Sem os arrotos, digo, grunidos, Vibeke brilha mais e Bergøy pode ocupar espaço, cantando com dois registros muito diferentes, um deles tremendamente grave, no melhor estilo das bandas góticas tradicionais.

1. Mercyside
2. Sanguine Sky
3. Open Ground
4. The Ravens
5. Destination Departure
6. Down
7. Fate
8. Lotus
9. Sacrilege
10. Deadlands

Download

4 comentários:

nephi disse...

cara, parabéns pelos posts..
e seu comentarios são otimos!!

viva as bandas goticas!!!

Adolfo S junior disse...

Cara valeu e meus parabéns por disponibilizar estes, eu abaixo apenas para ouvir no computer e é sempre bom ter títulos como estes disponíveis. Valeu um grande abraço...

Jonas Ôcá disse...

Gosto muito do Tristania, mas confesso que não simpatizei tanto com este trabalho deles. Existem belas canções e letras espetaculares, contudo no geral, talvez seja o mais irregular álbum deles. Claro, é somente uma opinião.

johnata disse...

Ainda não ouvi os outros álbuns do tristania.
Só baixei esse ano passado e gostei muito!! Já ouvi muitas vezes!